terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

E os Oscars?

Desde que saí á rua hoje que oiço "quem é que ganhou o "A tua cara não me é estranha"? ou...viste o "Cuidado com elas"? começou ontem!
Não sei, não vi, não estava lá...ok?





Mas alguém viu os Oscares? Assim...os Oscares mesmo...sem ser os vestidos?






.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Não percebo:

Pessoas que dizem "treuze" e "córenta".



?????????????????????????????????

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Tangle Teezer

Já tenho a minha Tangle Teezer...



O meu cabelo até bate palmas!!!!!!!!


.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Quero Abril...please!

Já é Abril?




Pleaseeeee!!!!

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Pablo Alboran

Adoro o toque cigano...e o vídeo está um doce!


Solamente Tú by Pablo Alboran




Regálame tu risa,
enseñame a sonar
con solo una caricia
me pierdo en este mar
Regálame tu estrella,
la que ilumina esta noche
llena de paz y de armonía,
y te entregaré mi vida

Haces que mi cielo
vuelva a tener ese azul,
pintas de colores
mis mañanas solo tú
navego entre las olas de tu voz
y tú, y tú, y tú, y solamente tú
haces que mi alma se despierte con tu luz
y tú, y tú, y tú..

Enseña tus heridas y así la curará
que sepa el mundo entero
que tu voz guarda un secreto
no menciones tu nombre que en el firmamento
se mueren de celos
tus ojos son destellos
tu garganta es un misterio

Haces que mi cielo
vuelva a tener ese azul,
pintas de colores
mis mañanas solo tú
navego entre las olas de tu voz
y tú, y tú, y tú, y solamente tú
haces que mi alma se despierte con tu luz
y tú, y tú, y tú, y solamente tú
haces que mi alma se despierte con tu luz
y tú, y tú, y tú..

No menciones tu nombre que en el firmamento
se mueren de celos
tus ojos son destellos
tu garganta es un misterio

Hace que mi cielo
vuelva a tener ese azul,
tintas de colores
mi mañana solo tú
navego entre la sola de tu voz
y tú, y tú, y tú, y solamente tú
hace que mi alma se despierte con tu luz
y tú, y tú, y tú..

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Happy Valentine's Day



Um bom dia dos namorados para os que gostam do dia, os que não gostam, os casados, os solteiros, os assim-assim e tal e coiso e coiso e tal...


Photo in google

No trabalho

Eu gosto daquelas "promoções" em que o que se ganha é mais trabalho e mais responsabilidade...mas mais dinheirinho que é o que é preciso...nicles batatoides.


Porreiro, pá!

domingo, 12 de fevereiro de 2012

R.I.P Whitney Houston 09-08-1963 / 11-02-10


Um "até sempre" a esta grande voz.






(mas toda a gente que eu gosto decidiu morrer este fim de semana?)...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

R.I.P "enfant terrible"... 17-02-69 / 11-02-10


Este Verão os tecidos estampados voltam a estar na moda. A tendência está em todas as publicações especializadas, assegura a directora da revista "Elle", Fátima Cotta. O responsável é o estilista Alexander McQueen, génio consensual, que em Outubro, em Paris, encheu a passerelle de elefantes, veados e ursos polares em tamanho real para apresentar uma colecção inspirada no planeta Terra.

Os estampados e os sapatos - "tudo com uma teatralidade, um génio...", acrescenta Fátima Cotta - são das derradeiras contribuições para o pronto-a--vestir do criador britânico, que foi ontem encontrado morto na sua casa de Londres.

Alexander McQueen era famoso por fazer dos desfiles incríveis espectáculos visuais. As colecções, exuberantes, barrocas e arriscadas, tinham depois grande influência nas tendências, avança Mário Matos Ribeiro, professor e director de arte da Moda Lisboa. Tornaram-se famosas as silhuetas em forma de ampulheta, os fatos angulares, os brocados elaborados e os vestidos românticos.

"Era um dos grandes ícones da moda dos últimos 15 anos", reforça Matos Ribeiro. "Associou técnicas ancestrais da alta--costura a uma visão muito anglo-saxónica e contemporânea do mundo. E combinava tudo com imenso sentido de humor. Era o estilo McQueen." Um exemplo: a reinvenção do vestido de baile dos anos 50.

Em Paris fizeram furor os stilettos impossíveis, chamados "Tatu", com 25 cm de altura. As imagens correram mundo, como símbolo do génio do homem que também em Paris, mas 13 anos antes, fora apelidado de "enfant terrible". McQueen, então com 27 anos, acabava de ser nomeado director de arte da casa de alta-costura Givenchy. Limitavam-lhe a criatividade, queixou-se quase cinco anos depois, quando se despediu. "Nunca se adaptou", comenta Fátima Cotta. "Tinha uma genialidade imensa, mas era um bocadinho malc -comportado. E não fazia cedências comerciais." Matos Ribeiro tem outra opinião: "Claro que fazia cedências. Nós conhecemos o lado mais lúdico e circense, mas por trás havia uma máquina a funcionar."

O suicídio de McQueen apanhou o mundo de surpresa. Há quem especule que ele nunca recuperou da morte, em 2007, da mulher que o descobriu e que depois se tornou uma das melhores amigas, Isabella Blow. A morte da mãe, no princípio deste mês, teria sido o golpe final. Para já, a família pede paz e sossego para lidar com a morte de Lee, como era tratado. O próximo desfile estava marcado para o dia 9 de Março, na Semana da Moda de Paris.



10 marcos


1969 O mais novo de seis filhos de um taxista nasce a 16 de Março. Cresce num bairro perigoso de Londres. Mantém o sotaque “cockney” até ao fim.


1985 Aos 16 anos deixa_o liceu e entra como aprendiz numa prestigiada alfaiataria de Saville Row, onde faz fatos para o príncipe Carlos.


1987 Revela aos pais que é gay. “Sou a ovelha rosa da família”, costumava dizer. “Saí directo do útero da minha mãe para uma parada gay.”


1994 Descoberto pelo ícone da moda Isabella Blow no desfile de finalistas da St. Martins School. Tornar-se-ia uma das suas melhores amigas.


1995 Lança as calças bumsters. Têm um gancho tão curto que deixam as nádegas à mostra.


1996 Torna-se director criativo da Givenchy, onde começa por chamar “irrelevante”_ao fundador do grupo. A imprensa francesa chama-lhe “enfant terrible”.


2000 Vende 51% da sua marca à Gucci. Mantém-se como director criativo.


2003 Votado designer internacional do ano_e, pela quarta vez, designer britânico do ano.


2007 Isabella Blow suicida-se com uma overdose de pesticida. “A morte dela foi a lição mais valiosa que aprendi na moda”, contou ao “The New York Times”.


2010 Suicida-se. A mãe morrera a 2 de Fevereiro.

noticia retirada de djalmanews.blogspot.com


Sem palavras. Uma tristeza para a moda.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Coisas sexy :

-Um homem a ler um romance

-Um homem a comer um iogurte de colher





Oh que coisa mai linda!


.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Pobre de mim!

Desejo (quase) incontrolável do dia :



Candy Bag by Furla...são só €183... :(
Gente rica, podem mandar entregar a roxinha na minha casa, please?

Vá láááááá!!!

(a roxinha não se encontra na foto, mas existe, tá?)

Nostalgia...



...quando me lembro das idas á praia quando era pequena. Pegava sempre no meu telefone de brincar e "telefonava" á bandeira verde para ela ir á praia também...assim podia tomar os banhos todos descansada.
E ela quase nunca me desiludiu.



How sweet is this? :)

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

No kids, OK?

Volto a falar neste assunto, não porque me incomode muito, mas porque incomoda ver tanta gente incomodada.

Pela última vez :

Não tenho 20 anos, por isso não é uma ideia passageira...tenho 37 anos, não tive filhos nem quero ter.
Nem toda a gente nasceu para ser mãe e eu não quero ser. Eu não tenho ambições de andar grávida, noites mal dormidas, mudar fraldas, vê-lo começar a falar, levá-lo ao 1º dia de escola, acompanhá-lo na adolescência, chorar ao vê-lo casar e ter netos. Não tenho esse sonho e pronto.
Se na velhice ficar sozinha, é triste... mas não vou andar a criar filhos para serem meus bábás.
O facto de eu não querer ter filhos incomoda muita gente...não incomoda a minha mãe nem pai, mas incomoda colegas de trabalho, vizinhos e mais algumas pessoas.
Por isso, e para fim de conversa : não...não vou um dia destes acordar grávida e ter bébés, ok?


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Irrita-me :

Pessoas que vão para a aula de yoga para se rirem.
Não relaxam, nem deixam ninguém relaxar.


Meninas, façam yoga do riso e deixem-nos em paz, tá?