domingo, 19 de dezembro de 2010

Pensar



"Existem em certas vidas momentos em que as coisas dão uma reviravolta inesperada. Uma espécie de descarrilamento. Começas a vaguear nos teus dias como nas ruas de uma cidade desconhecida. Observas coisas e pessoas que deveriam ser-te familiares e não as reconheces. Não reconheces os acontecimentos e as ocupações que as preenchem.
Perguntas-te quando terá acontecido. Como aconteceu e como chegaste a este ponto. Percorres ao contrário, momento por momento, tudo o que te conduziu até ali. As encruzilhadas, os entroncamentos. Assim, sem te aperceberes, perdes-te na história. Na tua história, naquela que conseguiste reconstruir, lentamente, e que contas a ti própria todos os dias para existires. E só quando voltas atrás percebes que o tempo não é um círculo, mas uma espiral, e que o esforço que fazes para abraçar o passado te projecta de novo com força para o futuro."


by Mariolina Venezia

Nenhum comentário: