quinta-feira, 5 de março de 2009

Nessun Dorma

Nessun Dorma by Pavarotti



Nessun dorma! Nessun dorma!
Tu pure, o, Principessa,
nella tua fredda stanza,
guardi le stelle
che fremono d'amore
e di speranza.

Ma il mio mistero e chiuso in me,
il nome mio nessun sapra!
No, no, sulla tua bocca lo diro
quando la luce splendera!

Ed il mio bacio sciogliera il silenzio
che ti fa mia!

(Il nome suo nessun sapra!...
e noi dovrem, ahime, morir!)

Dilegua, o notte!
Tramontate, stelle!
Tramontate, stelle!
All'alba vincero!
vincero, vincero!


Em Inglês ;)

None must sleep! None must sleep!
And you, too, Princess,
in your cold room,
gaze at the stars
which tremble with love
and hope!

But my mystery is locked within me,
no-one shall know my name!
No, no, I shall say it as my mouth
meets yours when the dawn is breaking!

And my kiss will break the silence
which makes you mine!

(No-one shall know his name,
and we, alas, shall die!)

Vanish, o night!
Fade, stars!
At dawn I shall win


A verdade é que não gosto muito de ópera. O que eu acho fantástico na Nessun Dorma é o poder de me arrepiar e trazer lágrimas ao olhos mesmo quando não percebo nada do que se diz.
Agora que li a versão em inglês já percebo... ;)

E já agora aqui fica a homenagem a Pavarotti.

Um comentário:

Geraldo Maia disse...

Ola Ruyva,
Muito belo o seu blog, especialmente a parte dedicada à música.
Gosto muito de Pavarotti e este clip é agradável.
Lembranças do Brasil:
Geraldo