quarta-feira, 25 de março de 2009

Manual de Sobrevivência



Manual de Sobrevivência by Rádio Macau



Também eu já
Senti não haver
Lugar ou espaço
Esperança para ter...

Também eu sei
Da raiva a nascer
Por tantos gritos
Ter que conter...

Mas sei também que fora de nós
Não há salvação
Resta-nos então
Dar asas ao que se inventa

Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti, por hoje e por enquanto
Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti...

Também eu já
Estive sozinha
Entre tanto fel
Erva daninha

Mas vi também que fora de nós
Não há salvação
Resta-nos então
Dar asas ao que se inventa

Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti, por hoje e por enquanto
Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti...

Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti, por hoje e por enquanto
Finge, esquece, engana o desencanto
Brinda, por ti...


Pic - Juturna Cover Album by Chica Survive


As pessoas chateiam-se pelas coisas mais simples e dizem as coisas mais disparatadas...mas eu fiz mal a alguém?

domingo, 22 de março de 2009

Publicidade IKEA :)

ADOROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO ISTOOOOOOO!!!!!!!!!!




:))))))))))))))



.

sábado, 21 de março de 2009

Dia Mundial da Poesia






Que vivam em nós todos os poetas.





Photo by m0thyyku in Deviantart

Bullet





"Sentia-me alguém à espera de ser fuzilado, como se me fosse possível saber o que é estar à espera de ser fuzilado. As balas sem nunca chegarem."

by Pedro Paixão
Photo by Unionhoney in Deviantart








Quem nunca se sentiu assim que ponha a dedo no ar.
Leio-o, leio-o e releio-o e nunca, mas nunca deixo de sentir coisas.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Pensar





"Pensar incomoda como andar à chuva ..."

by Alberto Caeiro
Photo by kathryna in Deviantart


P.S-Beijinhos ao pai que hoje é o dia dele. ;)

quarta-feira, 18 de março de 2009

Cenas de cinema

E aquelas cenas de cinema que nos marcaram? Que nunca mais nos conseguimos esquecer?
Consegui encontrar algumas minhas no youtube.


Orquídea Selvagem



A maneira como o Mickey Rourke abraça a Carrie Ottis no minuto 2:03 é verdadeiramente sufocante (no bom sentido). Quem é que não quer ser abraçado assim?


Rebel Without a Cause



É o beijo...a forma como a James Dean e a Natalie Wood se beijam no minuto 3:34...que meiguice...

Dirty Dancing



É tudo...é a música, os olhares entre eles, a inocência dela...Agora até parece piroso, mas é uma cena brutal e inesquecível (para mim) ;)


Antes do Amanhecer



Para mim, a alma exposta ao extremo. Cena linda de morrer!!!


Garden State



Gosto do facto de ela lhe dar a ouvir a sua música. Gosto do olhar e sorriso expectantes dela. E gosto do pormenor de ele a ver com os "olhos" daquela música naquele momento.

Pretty Woman



Porque esta cena é a filha da putice do romântismo, há coisa mais principe/princesa?

Lolita



Tão sensual que até doi.




Estes filmes e particularmente estas cenas, marcaram-me mesmo muito. Ainda hoje não saíram de mim.

Strawberry Fields



Strawberry Fields Forever by The Beatles



Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

Living is easy with eyes closed, misunderstanding all you see.
It's getting hard to be someone but it all works out.
It doesn't matter much to me.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

No one I think is in my tree, I mean it must be high or low.
That is you can't you know tune in but it's all right.
That is I think it's not too bad.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.

Always no sometimes think it's me, but you know I know when it's a dream.
I think, er No, I mean, er Yes but it's all wrong.
That is I think I disagree.

Let me take you down, 'cause I'm going to Strawberry Fields.
Nothing is real and nothing to get hung about.
Strawberry Fields forever.
Strawberry Fields forever.
Strawberry Fields forever.


Photo by tash23 in Deviantart





Sou cabelo, olhos, boca, pés e alma de morangos.

Imprescindível




Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porem, há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis.

by Bertold Brecht




.

terça-feira, 17 de março de 2009

Wwwwhhheeee!!!!




"It's the rules of the game
Don’t ask me why
Noone knows what is fair
Or knows how to win
You just get by"

by Brazilian Girls



.

segunda-feira, 16 de março de 2009

O amor é um filho





O amor é uma gravidez surpresa. É um ser que nasce, cresce dentro de nós, vive e morre. E quando este filho morre antes de nós?
Alguém já sentiu a dor de perder um filho?

by Ruyva
Pic by Trixis in Deviantart




Não perdi este filho, mas imagino a dor que sentiria se o perdesse.
Sempre que tenho as energias em baixo, sou assombrada por pensamentos fantasma.
Hoje fiz este post sádico, porque não me apeteceu ser cor-de-rosa.

domingo, 15 de março de 2009

Precisava de uns braços que falassem...



Tall Tall Grass by Tilly and the Wal




When I was young I used to sleep out in the garden,
Wait to sneak in when the house grew quiet.
Now that I'm grown I can't seem to find you there.
There is no tall, tall grass for me to hide in.

When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.
When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.

I can't believe that we were ever friends at all.
I didn't see it. Can you forgive me?
I've been scared to say I lined them up to fall,
And I want to change.

When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.
When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.
When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.
When there wasn't anywhere for me to go,
Oh, I stumbled into deep love with your rock and roll.

The world outside seems to be glowing
Like a heart beating. The snow will cover everything.




Hoje...vivo um daqueles dias em que precisava de ir para algum lugar... algum lugar no meu pensamento que não este.
Precisava de uns braços que falassem...e me dissessem tudo o que eu quero ouvir. E depois eles abraçavam-me. E depois eu chorava de felicidade. E depois eu suspirava de alívio. E depois chegava a paz.

by Ruyva
Photo by cutofakiss in Deviantart

quinta-feira, 12 de março de 2009

As Almas




"Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade."

by Nietzsche



Photo by Sarachmet in Deviantart

quarta-feira, 11 de março de 2009

Pedro Paixão




"Fechou a porta atrás de nós mas não a fechou à chave, mas eu pensei de qualquer modo que ele me ia agarrar, beijar. Eu ainda só dormi com ele duas vezes, mas devia ser proibido fazer amor assim. Agarrou-me por dentro, sabes? Devia ser proibido. Uma pessoa não pode fazer nada."


by Pedro Paixão
Photo by ritabraga in Deviantart





"Sem pretensões, Pedro Paixão diz-nos estas coisas complexas de forma simples. Um escritor que deve continuar a escrever e a ser lido e meditado. Mesmo à chuva..."

in macroscopio.blogspot.com









Este homem, Pedro Paixão, tem-me causado um bocadinho de desassossego. O que ele escreve encaixa...e penso nas palavras dele durante largos minutos...e encaixam, encaixam na vida, no mundo e em mim.
Devia ser proíbido alguem tocar-nos tanto.

domingo, 8 de março de 2009

Peace






Nothing left to say.





Photo by karisweet in Deviantart

sábado, 7 de março de 2009

Pensa Lá Bem


Pensa Lá Bem by (voz de José Raposo)





Talvez o vídeo mais inteligente da Rua Sésamo.

Madrid de Los Austrias

Mas Amor by Madrid de Los Austrias







Chill out a little, they're amazing!

sexta-feira, 6 de março de 2009

Sufoco




"Às vezes, temos grandes sonhos e idéias e não os realizamos por ficarmos empacados em um único lugar, insistindo, se estressando e perdendo energia, por não querermos ver que tem que se deixar ir, soltar, para que o novo aconteça, e essa atitude só tem a ver com a necessidade do próprio ego.
(...)
Esteja receptivo ao que ocorre no momento presente. Nunca deixe nada para amanhã, porque tudo o que realmente existe é o agora. Permita-se uma sintonia maior com o seu lado psíquico; cada um tem dentro de si a magia que pode transformar qualquer coisa e situação. Você tem o poder da manifestação. Então saiba o que realmente quer manifestar para a sua vida. Lembre-se de que você é aquilo que você tem constantemente no pensamento. Então veja no que é que você está sempre pensando, pois nisso você se tornará. Então, que seja você um ser desapegado do ego, em sintonia com a sua essência verdadeira, onde só cabe o amor, um ser manifestado no aqui, agora."


Calendário da Paz


Photo by MDesignN in Deviantart

quinta-feira, 5 de março de 2009

Nessun Dorma

Nessun Dorma by Pavarotti



Nessun dorma! Nessun dorma!
Tu pure, o, Principessa,
nella tua fredda stanza,
guardi le stelle
che fremono d'amore
e di speranza.

Ma il mio mistero e chiuso in me,
il nome mio nessun sapra!
No, no, sulla tua bocca lo diro
quando la luce splendera!

Ed il mio bacio sciogliera il silenzio
che ti fa mia!

(Il nome suo nessun sapra!...
e noi dovrem, ahime, morir!)

Dilegua, o notte!
Tramontate, stelle!
Tramontate, stelle!
All'alba vincero!
vincero, vincero!


Em Inglês ;)

None must sleep! None must sleep!
And you, too, Princess,
in your cold room,
gaze at the stars
which tremble with love
and hope!

But my mystery is locked within me,
no-one shall know my name!
No, no, I shall say it as my mouth
meets yours when the dawn is breaking!

And my kiss will break the silence
which makes you mine!

(No-one shall know his name,
and we, alas, shall die!)

Vanish, o night!
Fade, stars!
At dawn I shall win


A verdade é que não gosto muito de ópera. O que eu acho fantástico na Nessun Dorma é o poder de me arrepiar e trazer lágrimas ao olhos mesmo quando não percebo nada do que se diz.
Agora que li a versão em inglês já percebo... ;)

E já agora aqui fica a homenagem a Pavarotti.

Hurt



Levantei-me da cama porque a dor é muita. O meu corpo treme e não consigo dormir.
Tento compreender...quero e tento, mas as coisas não são assim. A imagem da conversa, as cores, o conteúdo...não param de me assombrar. A surpresa foi grande, foi um choque ficar a saber que as coisas não são como eu pensava.
Não me venham dizer que tenho que aceitar com naturalidade, porque não tenho. Não me tentem convencer que o meu sofrimento é exagerado e piegas...porque o meu sofrimento nunca foi tão verdadeiro e tão amargo.
Eu sei que não é o fim do mundo, e que a atitude precipitada foi fruto de outros factores. Sei também que a atitude precipitada foi completamente nonsense e fora do contexto. E sei também que a atitude precipitada vai causar arrependimento, embora isso nunca me vá ser confessado. A verdade é que nada disto diminui a minha dor.
Será que as pessoas nunca se conseguem por no lugar das outras? E se tivesse sido eu a fazê-lo? Estaríamos todos aqui a levar isto de animo tão leve como querem que eu leve?
Vai acabar por passar mas é uma coisa que vou carregar ás costas sozinha, não quero incomodar. Fazerem-me isto depois de tudo o que se tem e tudo o que confesso sentir é um verdadeiro banho de água gelada.
Por isso quero deixar isto aqui bem escrito, porque isto é daquelas coisas que se podem perdoar, mas não se podem esquecer, doa a quem doer.

Era bom que as pessoas pensassem bem em toda a situação e em toda a dor que provocaram, por absolutamente nada...

by Ruyva


Photo by velvet_kisses in Deviantart

domingo, 1 de março de 2009

A Humanidade





Eles é que a sabem toda...





.