sábado, 6 de dezembro de 2008

Fragilidade




É incrível como uma só atitude põe as nossas ideias todas a mexer de um lado pro outro para se arrumarem noutro lugar do cerebro. Esta metamorfose dá-se á velocidade da luz e doi...doi fisicamente e doi no coração.
A questão é que temos as pessoas que só são simpáticas e agradáveis quando precisam de alguma coisa, mas que com sinceridade só dão desprezo e indiferença, que quando as coisas não correm á maneira delas empinam o nariz e fazem questão de usar um certo poder que têm exigindo que as coisas sejam feitas quando elas querem e só da maneira que elas querem. Neste caso, essas pessoas são as que não são incomodadas, que levam a compreensão e a vassalagem.
Depois temos as outras pessoas, que se preocupam, ajudam, que estão ao lado no caminho. Pessoas que demonstram o seu amor todos os dias num beijo, num olhar, numa palavra, num papel, num bolo, numa sms. Essas pessoas dão sempre o beneficio da dúvida e até se ultrapassam a sí próprias para estar tudo bem e em paz, para ver felicidade nos olhos.
Neste caso, essas são as pessoas que são incomodadas, que ficam mais frágeis e que levam murros no estomago.
São situações que provocam muita tristeza, mas contra as quais não se pode fazer nada quando se sente um amor incondicional...
Fico por aqui.

by Ruyva




Pic by I don't know :(

Nenhum comentário: