quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

BONZÃO ANOZARRÃO!!!





BONZÃO ANOZARRÃO!!!


Feliz Ano Novo
Glückliches Neues Jahr
Nytar
Feliz Año Nuevo
Felicigan Novan Jaron
Heureuse Nouvelle Année
Feliz Aninovo
Shaná Tová
Happy New Year
Felice Nuovo Anno
Akemashite Omedetou Gozaimasu












Pic by mustange in Deviantart

Vinho do Porto

Nunca tinha dado tanta atenção a esta letra como agora.
O Carlos Paião era um senhor e esta versão está fenomenal.

Vinho do Porto by Donna Maria (Tributo a Carlos Paião)



Primeiro a serra semeada terra a terra
Nas vertentes da promessa
Nas vertentes da promessa
Depois o verde que se ganha ou que se perde
Quando a chuva cai depressa
Quando a chuva cai depressa

E nasce o fruto quantas vezes diminuto
Como as uvas da alegria
Como as uvas da alegria
E na vindima vão as cestas até cima
Com o pão de cada dia
Com o pão de cada dia

Suor do rosto pra pisar e ver o mosto
Nos lagares do bom caminho
Nos lagares do bom caminho
Assim cuidado faz-se o sonho e fermentado
Generoso como o vinho
Generoso como o vinho

E pelo rio vai dourado o nosso brio
Nos rabelos duma vida
Nos rabelos duma vida
E para o mundo vão garrafas cá do fundo
De uma gente envaidecida
De uma gente envaidecida

Vinho do Porto
Vinho de Portugal
E vai à nossa
À nossa beira mar
À beira Porto
À vinho Porto mar
Há-de haver Porto
Para o nosso mar

Vinho do Porto
Vinho de Portugal
E vai à nossa
À nossa beira mar
À beira Porto
À vinho Porto mar
Há-de haver Porto
Para o desconforto
Para o que anda torto
Neste navegar

Por isso há festa não há gente como esta
Quando a vida nos empresta uns foguetes de ilusão
Vem a fanfarra e os míudos, a algazarra
Vai-se o povo que se agarra pra passar a procissão
E são atletas, corredores de bicicletas
E palavras indiscretas na boca de algum rapaz
E as barracas mais os cortes nas casacas
Os conjuntos, as ressacas e outro brinde que se faz

Vinho do Porto vou servi-lo neste cálice
Alicerce da amizade em Portugal
É o conforto de um amor tomado aos tragos
Que trazemos por vontade em Portugal

Se nós quisermos entornar a pequenez
Se nós soubermos ser amigos desta vez
Não há champanhe que nos ganhe
Nem ninguém que nos apanhe
Porque o vinho é português






Às vezes tenho a sensação de que todos os palcos são pequenos para o tamanho dos Donna Maria. Fantásticos, sempre.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Rain

Odeio chuva, e ela teima em não nos largar.
Mas como sei que ela é precisa para o nosso equilibrio...cá vão umas malhinhas a falar dessa senhora incomodativa e horrorosa!


I wish it would rain down by Phil Collins



Rain by Madonna



Why Does It Always Rain On Me by Travis






.

sábado, 27 de dezembro de 2008

Judy

Judy by The Pipettes




I knew a girl and her name was Judy
She used to do things I thought were rude
But I never said anything to her face,
'Cuz my friends I thought she'd kick my arse all over the place.
Used to think she was kinda cool (kinda cool)
I saw her walking all around the school (around the school)
All the older boys would stop and turn their heads,
All the older girls wished that she was dead.

Judy, whatcha gonna do?
When you're older and no one wants to know ya?
I will look out for you,
If you will look out for me
I know I'm not as hard as you
But I think I can see right through you,

Now me and Judy we're the best of pals (best of pals),
She took me dancing to the early hours (early hours)
And showed me things I've never seen
Mum always asked me where I'd been
when I'm with,

Judy, whatcha gonna do?
When you're older and no one wants to know ya?
I will look out for you,
If you will look out for me
I know I'm not as hard as you
But I think I can see right through you,

When you go,
Home at night,
Are you still looking,
For a fight?
You know you're mum,
Is not that mean,
But still you want to,
Rip out her spleen.

Judy, whatcha gonna do?
When you're older and no one wants to know ya?
I will look out for you,
If you will look out for me
I know I'm not as hard as you
But I think I can see right through you,

ooooh
ooooh







Gosto delas e desta malhinha.
É um sonzinho simpático. :)

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

FELIZINHO NATALINHO!!!





FELIZINHO NATALINHO!!!


Is This Christmas? by The Wombats







Photo by armene in Deviantart

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Bruno Aleixo - O castiço








Isto é um enorme LOLOLOL.
Love iT!!!!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Born Stupid?



Sei que existe muito boa gente que enfia o carapuço deste meu post. LOLOLOL :)))
Mas, na verdade, ele é dirigido a mim...

Só no dia em que eu deixar de me importar é que deixo de ser estúpida.






.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Let The Beat Control You



Beat Control by Tilly And The Wall



Let the beat control you.
Let the beat control you.
Let the beat control you.
Let the beat control you.

All these people talkin’ ’bout you now,
they don’t make no difference no.
We always have the rhythm here,
in our blood and in our souls.

So let the beat control you now,
there’s nothing here to care about.
Just you and me let’s break it down,
so follow me I’ll show you how.

All these people talkin’ ’bout you now,
they don’t make no difference no.
We always have the rhythm here,
in our blood and in our souls.

So let the beat control you now,
there’s nothing here to care about.
Just you and me let’s break it down,
so follow me I’ll show you how.

The beat! The beat!
The beat! The beat!
The beat! The beat!
The beat! The beat!

Let the beat control your body,
you and me there’s no one watching.
C’mon we can rock this party
all night long believe me.

Let the beat control your body,
you and me there’s no one watching.
C’mon we can rock this party
all night long believe me.

There is nothing stopping you,
there is nothing stopping me.
So let that beat control your body baby.

There is nothing stopping you,
there is nothing stopping me.
So let the beat control your body baby.

All these people talkin’ ’bout you now,
they don’t make no difference no.
We always have the rhythm here,
in our blood and in our souls.

So let the beat control you now,
there’s nothing here to care about.
Just you and me let’s break it down,
so follow me I’ll show you how.

Aaaallllllll the people gather ’round now.
Aaaallllllll the people break it down now.

There is nothing stopping you,
there is nothing stopping me.
So let the beat control your body baby.

There is nothing stopping you,
there is nothing stopping me.
So let the beat control your body baby.

Aaaallllllll the people gather ’round now.
So let the beat control your body baby.
Aaaallllllll the people break it down now.
So let the beat control your body baby.

The beat! The beat!
The beat! The beat!






Photo by shuka4 in Deviantart

Cool tune!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Que panisgas!!!!

Oh pá, Comtemporâneos sem palavras!!!!










LLLLLLLLLOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLL

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

He's venus as a boy...

Venus As A Boy by Björk



his wicked
sense of humour
suggests
exciting sex!

his fingers
they focus on her
touches
he's venus as a boy

he believes in a beauty
he's venus as a boy

he's exploring
the taste of her
arousal
so accurate

he sets off
the beauty in her
he's venus
venus as a boy

he believes in a beauty
he's venus as a boy


Björk...uma sonoridade única.
Ou se ama, ou se odeia...a mim, deu-me para amar...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Gata Todo Dia



Gata Todo Dia by Marina Lima



Eu sou uma gata
E não gosto de água fria
Pega logo no meu pêlo
Seu carinho me arrepia

Não quero água
Tomo banho é de lambida
Tiro o gosto desse corpo
E ainda tenho sete vidas

Então se toque
Porque o amor não é
Só distração
A vida arranha
E se eu faço rock
Eu faço manha
Meu bem me dê sua atenção

Não faço nada
E ainda morro de preguiça
Tenho sono o dia inteiro
Madrugada é que me atiça

Não tenho dono
Mando na minha cabeça
Um dia desses eu me mando
Enquanto isso não se esqueça
Tome cuidado
Porque o amor não é
Só distração
A vida arranha
E se eu faço rock
Eu faço manha
Meu bem me dê sua atenção


Pic by scenic_window in Deviantart


Música que fez parte da minha pré e adolescência.
Miauuuu!!!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

De nenhum fruto queiras só metade...





Recomeça...
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
E vendo,
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.


by Miguel Torga
Photo by Amuletz in Deviantart




Se todos conseguissemos seguir este são e sábio conselho...

Monotone

Monotone by A Naifa



Antes de saíres para o trabalho, arrumas à pressa o dia anterior
Para debaixo da cama.
Guardas o coração ainda adormecido bem dentro do teu corpo

E esqueces essa canção que já não passa na rádio
Mas que vive secretamente dentro de ti.
Fechas a porta à chave com duas voltas e sais.

Parada junto à passadeira, protegida num gesto ledo
Fixas o olhar na sombra dos carros que passam.
Esperas pelo sábado,
Pelo feriado e as suas pontes,
Pelas férias para ouvires as tuas canções.
Sentes-te longe, silenciosa de luz.


Uma remistura:





Faziam falta no meu blog. Agora.
Das melhores coisas que se fizeram em Portugal nos ultimos tempos.
Ai...se toda a música portuguesa fosse assim...

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Let Me Kiss You

Let Me Kiss You from Morrissey by Nancy Sinatra



There's a place in the sun
For anyone who has the will to chase one..AND I
I think I've found mine
Yes, I do believe I have found mine

So, close your eyes and think of someone you physically admire
And let me kiss you, let me kiss you

I've zig-zagged all over America and I cannot find a safety haven
Say, would you let me cry on your shoulder
I've heard that you'll try anything twice

Close your eyes and think of someone you physically admire
And let me kiss you, let me kiss you

But then you open your eyes and you see someone that you physically despise
But my heart is open, my heart is open to you.



Tão bonito...que até arrepia.

Happy Birthday to me!!! :)))






Como sempre desejo para mim, amor, saúde, sorte e paz de espírito.






Pic by numerika in Deviantart

domingo, 7 de dezembro de 2008

Gilt Complex

Gilt Complex by Sons & Daughters



She has a gilt complex
Break her neck
Now she's run-run-running right over the edge
Had a gilt complex
Poison pen
She's signing her name and she's forgetting her friends
Had a gilt complex
Break her neck
Now she worry-worry-worries for the good of her wealth
This gilt complex
Useless effect
Now she suffer-suffer-suffers, destroying her health

He has a gilt complex
Break his neck
Now he's run-run-running right over the edge
Had a gilt complex
Poison pen
Signing his name
Forgetting his friends
Had a gilt complex
Break his neck
Now he worry-worry-worries for the good of his wealth
This gilt complex
Useless effect
Now he suffer-suffer-suffers destroying himself

All you see is all you'll get
He's trying to buy some kind of medal
He's not sure of all he has but
Avarice is all that he's made of
And everybody knows

She has a gilt complex
Break her neck
Now she's run-run-running right over the edge
Gilt complex
Poison pen
She's signing her name and she's forgetting her friends
Had a gilt complex
Break her neck
Now she worry-worry-worries for the good of her wealth
This gilt complex
Useless effect
Now she suffer-suffer-suffers, destroying herself

All you see is all you'll get
She's trying to buy some kind of medal
She's not sure of all she has but
Avarice is all that she's made of
And everybody knows

Ooh...

What you see is what you'll get
The star, you see, is just made of metal
He's not sure of all he has
But avarice is all that he's made of
And everybody knows




Gosto muito disto.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Fragilidade




É incrível como uma só atitude põe as nossas ideias todas a mexer de um lado pro outro para se arrumarem noutro lugar do cerebro. Esta metamorfose dá-se á velocidade da luz e doi...doi fisicamente e doi no coração.
A questão é que temos as pessoas que só são simpáticas e agradáveis quando precisam de alguma coisa, mas que com sinceridade só dão desprezo e indiferença, que quando as coisas não correm á maneira delas empinam o nariz e fazem questão de usar um certo poder que têm exigindo que as coisas sejam feitas quando elas querem e só da maneira que elas querem. Neste caso, essas pessoas são as que não são incomodadas, que levam a compreensão e a vassalagem.
Depois temos as outras pessoas, que se preocupam, ajudam, que estão ao lado no caminho. Pessoas que demonstram o seu amor todos os dias num beijo, num olhar, numa palavra, num papel, num bolo, numa sms. Essas pessoas dão sempre o beneficio da dúvida e até se ultrapassam a sí próprias para estar tudo bem e em paz, para ver felicidade nos olhos.
Neste caso, essas são as pessoas que são incomodadas, que ficam mais frágeis e que levam murros no estomago.
São situações que provocam muita tristeza, mas contra as quais não se pode fazer nada quando se sente um amor incondicional...
Fico por aqui.

by Ruyva




Pic by I don't know :(

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Felizes os Dois




" Porque eles eram felizes os dois..."


by Peste & Sida




Photo - @ Bracara Augusta

Versos de Amor

Versos de Amor by Carlos Paião



Às onze e meia, saiu para a rua,
Com o seu fato domingueiro,
Dormindo a aldeia, brilhando a lua,
Num céu de estrelas, conselheiro
Coração quente, firme e demente,
À sua porta então chamou
E abriu-se a janela e só para ela,
Triste, cantou...

Versos de amor,
Lindos esses versos de amor
Que fizera em segredo,
A sonhar, quase a medo,
Um viver tentador.
A sua vida por uns versos de amor,
Lindos esses versos de amor
Na mais terna amargura,
O silêncio murmura uma história de amor

A noite imensa, foi mais rainha,
Quando uma lágrima caiu,
Na recompensa, o amor que tinha,
Ela também chorou, sorriu
Foi tão bonito, tinham-lhe dito,
Que amar ás vezes faz doer,
Mas a dor que sentia,
Não lhe doía, dava prazer...

Versos de amor,
Lindos esses versos de amor
Que fizera em segredo,
A sonhar, quase a medo,
Um viver tentador.
A sua vida por uns versos de amor,
Lindos esses versos de amor
Na mais terna amargura,
O silêncio murmura uma história de amor



Um momentinho mágico.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

The Artifact and Living

Revi o Donnie Darko e fiquei com esta musica outra vez no ouvido...

The Artifact and Living







Inquietante.



.

R.A.P

Uma homenagem a este grande galhofeiro...que já merece!









Faz-me rir e pronto.