terça-feira, 4 de novembro de 2008

Cartão Vermelho




Há episódios nesta vida que são mesmo cartão vermelho.
Quando menos esperamos, lá temos que ouvir acusações sem lógica. E o pior é ficar com cara de parva e a cabeça a mil, pensando para dentro porque é que nunca me tinham falado disso antes para que me podesse defender.
O ser humano tem sentimentos, pensamentos, cerebro e boca, mas não os usa para um melhor entendimento com os outros, simplesmente deixa andar...
A vida está nas pequenas coisas...mas há pequenas coisas que custam muito.
A sinceridade, no timmig certo, não tem preço.









Gostava que entendessem porque é que digo sempre o que me vai na alma, e também gostava que soubessem que tenho consciência do quanto perco com isso.

Nenhum comentário: