terça-feira, 12 de agosto de 2008

Amar assim, no fundo de mim...




amar assim, no fundo de mim
é mais que mais, que demais
nada me satisfaz
até arder, até ao fim
um ser faminto
um oceano dentro explodindo
por mais e mais e mais
infinitamente mais
tudo o que o amor for capaz
até romper, até ao fim
habita alto divino e fundo consumindo
gota a gota, sopro e sangue
choro amante, eternamente
aperta fundo e profundo
dentro e corroendo, pouco a pouco
queimando louco para sempre
amor é tudo
amor é nada
amor é asas
amor é momento
amor é sede
amor é água
amor é mundo
amor é alimento
amor é corpo
amor é alma
amor é magia
amor é do vento
eternamente

by Sara Tavares

Um comentário:

Ismael disse...

letra maravilhosa